Bem-vindo ao Altruísmo na Net! Este blog foi criado, com toda humildade e apesar das minhas limitações humanas, para dar mensagens positivas e aconselhamentos. Para entender melhor esta ideia e saber quem sou eu, clique aqui.

domingo, 25 de agosto de 2013

Adoro essa música. Ela é dura, mas muitas vezes devemos ser assim também. Descartar o que nos faz mal, colocar para fora sem descontar, mas confiando na lei de causa e efeito. Procurando dissipar mágoas e rancores e cuidando com carinho de nós mesmos para não sermos vítimas da maldade alheia. Ser bom não é ser bobo. Seja bom consigo também.



Boomerang Blues
Renato Russo

Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
Tudo o que você faz
Um dia volta pra você
E se você fizer o mal
Com o mal mais tarde você vai ter de viver

Não me entregue o seu ódio
Sua crise existencial
Preliminares não me atingem
O que interessa é o final
E não me venha com problemas
Sinta sozinho o seu mal

Por que tentar? Tentei demais
E você só me usou
Eu tentava ajudar
E você só me queimou
Mas é errando que se aprende
Minha boa vontade se esgotou

Os aborígenes na Austrália
Com o boomerang vão caçar
O boomerang vai e volta
E só fica quando consegue acertar
E eu sou como um boomerang
Quando eu acerto é pra matar

Como um boomerang tudo vai voltar
E a ferida que você me fez é em você que vai sangrar
Eu tenho cicatrizes
Mas eu não me importo não
Melhor do que a sua ferida aberta
E o sangue ruim do seu coração

Eu só não entendo como fui cair
Dentro da sua teia e não tentei fugir
Me sinto mal lembrando o que aconteceu
Você tentou roubar,
Mas o boomerang agora é meu.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Faça o caminho de volta

Quando a gente está acostumado a ficar sempre no mesmo lugar, vai se tornando letárgico. O mesmo jeito de trabalhar, a rotina do namoro, o mesmo horário para sair de casa e seguir o trajeto até a escola do filho, a mesma comida... O cérebro vai se acostumando, os desafios vão diminuindo, o prazer acaba e a vida fica assim: sem graça. Abrem-se as portas para a depressão, o vazio e a baixa autoestima. O remédio?

SACUDA-SE!

DESAFIE-SE!

Eu estava com preguiça e cansada do trabalho, mas resolvi ir até Brasília semana passada, para ver minha família. Sozinha, dirigindo. Adorei!








Eu corri muito essa semana para dar tempo de fazer tudo que precisava, mas consegui ir ao Festival Bon Odori com os meus sobrinhos. Bon Odori é uma festa japonesa que eu amo e acontece apenas uma vez por ano! Diverti-me muito!!!! Adorei!









No Dia dos Solteiros fui a um restaurante novo, com duas amigas solteiras e, além de conhecer um lugar bacana, com um comida diferente e gostosa, conheci o o Slackline. Adorei!

video










Viu? De repente uma bobeirinha vira uma festa que deixa a vida com um sabor diferente. Muitas vezes a mudança não precisa ser radical. Aliás, as radicais costumam ser insustentáveis. Mude aos poucos. Mude sempre. Quando você menos perceber, já estará muito diferente!!! Não é assim que, sem ver, as coisas tomam rumos que não gostamos? Então, se não estiver satisfeito, faça o caminho de volta!!!

E você? O que vai fazer de diferente hoje?

Essa semana? 

Esse mês? 

Esse ano? 

MUDE!